De Pá em riste!... Em todas as direcções...

.posts recentes

. Aqui estou, preguiçosa de...

. caso Casa Pia e afins...

. Portugal: Manta de Retalh...

. Lentidão

. ...

. A Padeira tirou umas féri...

. Saramago

. LISBOA

. ENCRUZILHADA

. JORNAL NACIONAL

.arquivos

. Outubro 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

Quarta-feira, 7 de Setembro de 2005

Génio ignorado

«O meu pensamento só muito devagar atravessa o rio a nado porque lhe pesa o fato que os homens o fizeram usar»

Fernando Pessoa, "O Guardador de Rebanhos"


É verdade. Este génio existiu aqui, na mais pura ignorância. Este génio morreu sem conhecer as suas obras em livro impresso, enquanto outros génios se pavoneavam com as suas obras-primas pela Europa.
publicado por padeiradealjubarrota às 09:14
link do post | comentar | favorito
|
5 comentários:
De su a 23 de Setembro de 2005 às 18:01
Pois, a única coisa que me alegra é que seja o Fernando Pessoa. Explico: não existiu poeta português mais seguro da sua genialidade, por isso não necessitou do reconhecimento da palavra impressa!! Presunção? Não, que ideia (ironia), não se pode caluniar os verdadeiramente geniais!!
De gaivotadaria a 15 de Setembro de 2005 às 10:07
Olá :)
Agradeço a sua visita em primeiro lugar.
Quanto a Fernando Pessoa sou bastante suspeita para falar dele porque gosto daquilo que escreveu.
Às vezes dá-me a sensação de que estou ali com ele a ouvi-lo... Dizem que a sua escrita é depressiva mas ninguém pode afirmar que esse estado de alma não prenda o leitor, depende do leitor :)
Bom final de semana.
De js a 7 de Setembro de 2005 às 17:47
... os génios, os grandes génios são assim mesmo... não dizem que são génios ... esperam que um dia alguém se lembre de pensar naquilo que fizeram ou disseram... em Portugal isso acontece muiti depois desses génios terem morrido... é uma sina nacional...
FORÇ'AÍ!
js de http://politicatsf.blogs.sapo.pt e agora também no Movimento PR'ó Coiso em http://mprcoiso.blogs.sapo.pt
De azhar a 7 de Setembro de 2005 às 11:51
Errata: "génios" e não "géneos". Peço perdão, só reparei no erro depois de publicar o comentário. "Errare humanum est".
De azhar a 7 de Setembro de 2005 às 11:46
O que há mais pelo mundo são artistas que só são descobertos "post mortem". Mas, verdade seja dita, Fernando Pessoa não é dos melhores exemplos dessa situação. Então a Padeira não sabe que Pessoa, em conjunto com Mário de Sá Carneiro e com Almada-Negreiros, introduziu em Portugal o Modernismo, através da revista "Orpheu", publicada, pela primeira vez, em 1915? E ao longo da sua (curta) vida publicou mais revistas, artigos de jornal e também uma colectânea de poemas. É certo que parte das suas criações poéticas acabaram por ficar no anonimato, mas Fernando Pessoa teve uma vida curta, que o impediu de demonstrar o seu génio criativo. De qualquer forma, não percebo qual é a ligação entre a citação que escolheu deste admirável poeta e o comentário que publicou...E que exemplos pode dar de géneos de outros países que viveram à custa das suas criações literárias e/ou artísticas? Não sei se este "post" revela falta de inspiração ou profunda ignorância...

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
blogs SAPO

.subscrever feeds