De Pá em riste!... Em todas as direcções...

.posts recentes

. Aqui estou, preguiçosa de...

. caso Casa Pia e afins...

. Portugal: Manta de Retalh...

. Lentidão

. ...

. A Padeira tirou umas féri...

. Saramago

. LISBOA

. ENCRUZILHADA

. JORNAL NACIONAL

.arquivos

. Outubro 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

Segunda-feira, 30 de Janeiro de 2006

Nevou

Nevou... inesperadamente, por todo o país. E em Lisboa. Passaram-se 50 anos, sem que se visse tal coisa.
E o povo, homens, mulheres e crianças, rejubilaram e sairam à rua a apreciar o espectáculo, «gratuito», que bem merecem, num momento cinzento e diíicil que este país atravessa.
O mar e a neve têm este encantos: fazem sonhar «sonhos de bilhetes postais» e infâncias. Foi simplesmente mágico, e lindo.
Apetece agradecer. Talvez, quem sabe, um bom augúrio.
publicado por padeiradealjubarrota às 01:19
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
|
Quarta-feira, 25 de Janeiro de 2006

Marocas

Pois é!...O Marocas já começou a tomar «Dormonoct» todas as noites para poder dormir... descansado!
É que cinco anos sem dormir, ou a dormir sobressaltado, dá direito a muito mais que crises de «mau génio». E sonhar com Cavaco... deve ser um pesadelo: castigo mor. Servir-lhe-à para remissão dos pecados! Penitências!
publicado por padeiradealjubarrota às 01:40
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
|
Terça-feira, 24 de Janeiro de 2006

«Days» After

Merece parabéns, quer se goste ou não, o vencedor. Ou não estariamos em democracia.
Agora interessa acima de tudo que Sócrates «se entenda» com Cavaco (seria um acto de mera inteligência, o país não se compadece de mais loucuras) e se não deixe «bloquear» por pressões partidárias.
Quanto a Alegre, cujo o apelo patriótico pode ter angariado alguns votos, somou maioritáriamente pontos à custa de rejeicções: - de todos aqueles que quiseram «punir» Sócrates ou não se reviam em Soares, mas,´também, dos votos «Santanistas» e de alguns «menbros do PSD» que acharam que Cavaco os traiu e ao partido. E não esquecem.
Todos esses, engrossaram gratuitamente a votação de Alegre. Uma Alegria!
publicado por padeiradealjubarrota às 01:35
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Sábado, 21 de Janeiro de 2006

Senso

Portugeses:
Não há «salvadores da Pátria». Há Ferrramentas: Trabalho, Educação, Civismo, Perseverança. E Esperança - de alcançar prosperidade tal como outros pequenos países o fizeram. Basta querermos.Todos.
Não vai ser fácil. Mas havemos de vencer.
publicado por padeiradealjubarrota às 19:46
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quarta-feira, 18 de Janeiro de 2006

Policias e ladrões....à solta!

Impressionante. Numa semana tão agitada e crucial para o país, com as eleicções presidenciais ao rubro - a PJ, cujo os méritos se enaltecem - faz greve a partir das 17.30.
Que alegria para os criminosos... e mafiosos!... Que frescura soberba para os ladrões e indigentes! Que céu aberto na liberdade ao crime!... Imagine-se, crime com «livre tânsito». Como se sabe, é ao final da tarde e noite dentro que as coisas aquecem.
Portugueses, tudo em casa! Aferrolhados! Pr'á semana há eleicções...Precisamos de todos vocês. Vivos! Vivinhos da costa!... Para que isto mude. De vez!
publicado por padeiradealjubarrota às 00:26
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
|
Quinta-feira, 12 de Janeiro de 2006

No Poder, sim!... mas não a gerir a nossa conta bancária!

As vozes que se levantam do Porto a exigirem um referendo quanto à OTA e TGV têm todo o meu apoio. E deveriam ter o apoio de todos os portugueses. Há muita gente ainda mal informada?... Talvez, mas temos a perfeita noção dos euros que nos vão nos bolsos, temos a noção da nossa paupérrima segurança social, temos a claríssima noção de como somos tratados nos hospitais - exactamente como números, em que as listas de espera intermináveis dão passaporte gratuito para o outro mundo.
Entretanto, fazem-se estádios escandalosos, gastam-se fortunas de cada vez que os governos mudam, em carros, mobílias, viagens, lobbies e amigalhaços etc, etc, etc...
Sócrates venceu as eleições. Mas não pode definitivamente dispôr a seu belo prazer das nossas contas bancárias, das nossas vidas ou dos nossos filhos.
Venha o referendo!...Rápido! Eu estou, aqui, de caneta em punho, em Lisboa, pronta para assinar, a favor dos desfavorecidos, de uma classe média sufocada e perseguida, a favor de uma Saúde decente, a favor dos idosos que sobrevivem miserávelmente, enfim, - a favor da dignidade humana!

publicado por padeiradealjubarrota às 13:06
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
|
Terça-feira, 10 de Janeiro de 2006

Uma Campanha Alegre

«Nós não quisemos ser cúmplices na indiferença universal. E aqui começamos, sem azedume e sem cólera, a apontar dia por dia o que poderiamos chamar - o progresso da decadência.
(...) Esta decadência tornou-se um hábito, quase um bem-estar, para muitos uma indústria. Parlamentos, ministérios, eclesiásticos, políticos, exploradores, estão de pedra e cal na corrupção.

Eça de Queiroz «As Farpas»
publicado por padeiradealjubarrota às 16:42
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|
Quinta-feira, 5 de Janeiro de 2006

Cáceres Monteiro

A Morte continua e sempre a surpreender-nos. Todos sabemos o inevitável: que temos inexorávelmente de partir um dia; no entanto, choca-nos a ausência, o desaparecimento, a partida de quem amamos... ou admiramos. Essa ausência torna-se mais forte, quando, quem parte é um «mastro», um leme, vivendo não ao largo mas intensamente, profundamente. Os espiritos fortes, epreendedores nunca desaparecem. Permanecem sempre.
A vida continua veloz e cada vez mais «substituível». Mas a «Força» fica: cinzelada numa pegada infinita. A exemplo... para todos nós.
publicado por padeiradealjubarrota às 22:43
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|

Ainda sobre o fumo

Que não se atirem a mim os fumadores inveterados e raivosos. Nós (os não fumadores), só queremos o vosso bem...e o nosso!... Isto é, se quiserem deixar o tabaquinho! Caso insistam em infestar de negritude os vossos belos pulmões, lembrem-se de que, temos o direito de não querer um dia morrer estúpidamente asfixiados, abraçados a uma garrafa de oxigénio!
Fume quem quer...mas pense, pense verdadeiramente nos outros. Coisa rara neste país!
publicado por padeiradealjubarrota às 20:30
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
blogs SAPO

.subscrever feeds