De Pá em riste!... Em todas as direcções...

.posts recentes

. Aqui estou, preguiçosa de...

. caso Casa Pia e afins...

. Portugal: Manta de Retalh...

. Lentidão

. ...

. A Padeira tirou umas féri...

. Saramago

. LISBOA

. ENCRUZILHADA

. JORNAL NACIONAL

.arquivos

. Outubro 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

Sábado, 18 de Junho de 2005

Obesidade: a saúde ou a vida

Na Alemanha «o peso excessivo» já começou a pagar imposto. Acho bem, fora casos que nos ultrapassam, cada qual devia cuidar de si. Nada de anormal. Trata-se no mínimo de instinto de sobrevivência.
Porque é que todos nós (desafortunadamente a nossa taxa de obesidade já ultrapassa os limites, para não falar da obesidade infantil), temos de pagar as alarvidades que entram pela boca adentro dessa gente que abanca e vive para comer?
Depois, com o PDI (a p... da idade), vem o colesterol e consequentemente os diabetes, os problemas ósseos e sobrecarga da coluna, os avcs, os ataques cardíacos... e o cancro.
Caramba, dá que pensar.
Mas incomoda: há os milhões vindos aos magotes do fast food, há a indústria farmacêutica, os lobies... consequentemente, não dá jeito nenhum - prevenir saúde! Fazem-se hipócritamente programinhas de televisão patrocinados pela indústria farmacêutica e fica tudo na mesma.
Neste caso, de excesso de gordura por puro prazer, sejemos sem escrúpulos nazis. Abaixo os quilos! Ponham-se os gordos também a pagar!

publicado por padeiradealjubarrota às 11:34
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De LuisC a 20 de Junho de 2005 às 09:05
A obesidade tem duas causas, que importa avaliar:
1a. ela, a obesidade, é, muitas vezes, um problema de saúde, doenças crónicas e medicamentos cujos efeitos secundários potenciam - ou provocam - o aumento de peso. Esta razão é um verdadeiro problema, que pouco, e em muitos casos nada - se pode fazer contra.
2a. um problema social e cultural: este sim, é o grande problema, e tem a ver com o modelo de sociedade que temos, que "convida" e "vende" o modelo do prazer de comer, de fast-food. Se é verdade que a nossa gastronomia é muito rica (e deliciosa), também é verdade que ela não pode ser a nossa sentença. E aliando a nossa já rica gastronomia aos habitos importados (ex: fast-food) temos o desastre.
De J.Serra a 20 de Junho de 2005 às 00:04
Bolas, padeirinha! Mas que grande pazada que me deste, mesmo em cheio, no lombo!
Olha, eu também concordo que não há necessidade de se comer em excesso e, por isso, tenho mantido uma luta feroz, comigo próprio, nos últimos 11 anos. O mesmo se passou em relação ao tabaco, essa felizmente, ganha há mais de 14 anos. No entanto, agora que sou eis fumador e que, mais por “culpa” de uma cirurgia do que por mérito próprio, tive um razoável emagrecimento (que a custo tento manter), aprendi que a “coisa” não é assim tão fácil. Talvez por isso não tenha ideias tão “radicais” a esse respeito e muito menos concordo que isso sirva de pretexto para criar mais um imposto que, tal como o do tabaco, vai servir muito mais para pagar chorudas reformas e indemnizações aos boys do que para melhorar as finanças do país. Porque é que todos nós, temos de pagar as alarvidades que entram pelos bolsos adentro dessa gente que abanca e vive para enriquecer à nossa custa?
Em todo o caso, devemos lutar por comida saudável e em quantidades razoáveis (para todos)!!!
Chao: encontramonos por aí.
J.Serra

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
blogs SAPO

.subscrever feeds