De Pá em riste!... Em todas as direcções...

.posts recentes

. Aqui estou, preguiçosa de...

. caso Casa Pia e afins...

. Portugal: Manta de Retalh...

. Lentidão

. ...

. A Padeira tirou umas féri...

. Saramago

. LISBOA

. ENCRUZILHADA

. JORNAL NACIONAL

.arquivos

. Outubro 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

Domingo, 6 de Fevereiro de 2005

João Paulo II - A Lei do Amor



A força anímica do papa, tem levado o sumo pontífice a trocar por diversas vezes as voltas à morte. Aos 84 anos, João Paulo II, apesar da sua incontestável debilidade fisica continua intrépido e lúcido para espanto de muitos. A polémica, porém, continua. Há quem ache que ele devia ter há muito abdicado. Há quem veja até um certo «orgulho» na sua atitude insistente em não ceder o seu lugar. Cá por mim, vejo exactamente o contrário. A atitude do papa revela, antes de mais, duas coisas: - uma grande «humildade» (ninguém gosta de se expor publicamente num estado tão diminuido) e o «compromisso» estóico de abraçar a cruz até às suas últimas consequências. Porque esse, é, de facto, o seu compromisso.
Incomoda às vezes olhar o papa? Incomoda. Principalmente quando a nossa memória nos reporta a um passado de um papa, jovem, dinâmico e desportista.
É neste exemplo de suplantação de forças e de coragem que está a sua dignidade.
É fácil criticar. Dificil é, cumprir a Lei do Abbbmor.
publicado por padeiradealjubarrota às 01:38
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
blogs SAPO

.subscrever feeds