De Pá em riste!... Em todas as direcções...

.posts recentes

. Aqui estou, preguiçosa de...

. caso Casa Pia e afins...

. Portugal: Manta de Retalh...

. Lentidão

. ...

. A Padeira tirou umas féri...

. Saramago

. LISBOA

. ENCRUZILHADA

. JORNAL NACIONAL

.arquivos

. Outubro 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

Quarta-feira, 19 de Janeiro de 2005

A Igreja e os reality shows...



Onde meteu a Igreja a cabeça...e a consciência?Terei visto ou terá sido uma mera visão nefasta?Castelo Branco, sim, o dito cujo, de luvas pretas afiambradas e a sua lady de chapéu de leopardo enterrado na cabeça, ambos ajoelhados, prostrados solenemente, em primeiríssimo plano, a receber a comunhão perante as câmaras televisivas, equanto a plebe se apinhava cochichando lá para trás.
Terei visto com os meus próprios olhos, uma carmelita tremelicante a abrir o ferrolho e a deixar entrar nos aposentos o glorioso casal, para também testemunhar perante as câmaras, o assinar do cheque, oferta ao carmelo, e voltar-se aferrolhar?
Terá a Igreja perdido de vez a cabeça para compactuar com todo este folclore? Que a TVI retire os seus dividendo não se espera outra coisa.Que Castelo Branco rejubile com vedetismos e fervores polémicos nada de mais previsível. Agora a Igreja, entrar no jogo e deixar filmar toda aquela cena patética é perfeitamente surrealista.
Mas ninguém diz nada. É submissão total aos protagonismos.
Noblesse oblige, apregoa aos quatro ventos o arrebatado Castelo Branco. Mas «noblesse» exige simplicidade e discrição. Porque é na simplicidade que reina a grandeza. Ora, aqui a Igreja não teve qualquer noblesse, nem postura, nem valores que tão ferranhamente defende. Dá para duvidar!
publicado por padeiradealjubarrota às 01:22
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
blogs SAPO

.subscrever feeds