De Pá em riste!... Em todas as direcções...

.posts recentes

. Aqui estou, preguiçosa de...

. caso Casa Pia e afins...

. Portugal: Manta de Retalh...

. Lentidão

. ...

. A Padeira tirou umas féri...

. Saramago

. LISBOA

. ENCRUZILHADA

. JORNAL NACIONAL

.arquivos

. Outubro 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

Quinta-feira, 16 de Novembro de 2006

A lei da concorrência

 

Hoje, mano a mano: a entrevista de Santana Lopes na 1, a concorrer com Cavaco na Sic.

Santana, para variar, queixoso e com todo o direito a desabafar mágoas e traições (quem as não tem?...), só que o país já está noutra. Não há que chorar o leite derramado, e perante a situação caótica que se vive, só podemos olhar em frente.

Cavaco, apresentou-se, mais uma vez, politicamente e 'socialmente' correcto. Exige silêncio(shiu!), para que se mantenha a coesão e estabilidade. O país precisa e por enquanto agradece. Mas até quando?...

Haverá o dia em que Cavaco terá de dizer claramente o que pensa. E esse dia não está muito longe.

Cavaco, como Presidente da Républica, não tem de ser o espelho do governo. Mas o 'garante' de todos nós portugueses.

publicado por padeiradealjubarrota às 23:16
link do post | comentar | favorito
|
17 comentários:
De ciloca a 17 de Novembro de 2006 às 13:18
Tambem assisti à entrevista e pareceu-me que cavaco está cauteloso, como deve ser. Por outro lado penso que o governo não está a governar muito longe das politicas de direita que Cavaco defende. Vamos esperar que este apertar do cinto sirva para qualquer coisa. Bjss e Bom fim semana
De Joana a 17 de Novembro de 2006 às 14:09
olá.gostei muito do teu comentario no meu blog...fico á espera de mais.
quanto a este blog prometo ficar atenta...e deixar as minhas pegadas por aqui.

gostei bastante do teu post...o silencio do cavaquinho assusta...cheira a despreocupação..mas mais vale tar calado em vez de dizer porcaria.

beijinhos...continuação de bons posts
De touaqui a 17 de Novembro de 2006 às 17:16
Não se percebe a linguagem do PR na questão da maneira em que este DESGOVERNO/PS manobra no facto de que este País precisa urgente de verbas para um futuro.
Mas então que esteve lá a fazer os outros governos , que gastaram á tripa forra na questão de desbaratar o dinheiro e o ouro que o TONINHO guardou tão cioso da sua missão de guardar todos os tostões amealhádos nos 48 anos de ditadura .
Então neste 34 anos gastou uma fortuna em quê ?.
Que fez os outros GOVERNOS no GOVERNO , a dormir .
Bá que porcaria de pensamento existe neste momento em Portugal.
Se o PR pensa da maneira que pense mande cortar do seu vencimento e dos outros politicos e assim poderá saber a quantas anda e depois sim pedir ao POVO que a chamada conteção começa por cima e não por baixo.
De mmfmatos a 17 de Novembro de 2006 às 18:37
Não vi as entrevistas porque fui ao teatro, mas pelo que li na imprensa, o Cavaco diz-se perfeitamente solidário com o programa do Governo. O PSD não tem sido grande coisa como Oposição, mas agora fica mesmo sem margem de manobra. Quanto ao Santana Lopes, todas as entrevistas que der são óptimas como publicidade para o seu livro.Bjs
De Jofre Alves a 17 de Novembro de 2006 às 19:35
Não se pode correr à pazada esta escumalha que nos desgoverna, ò padeira de Aljubarrota, como a nossa egrégia heroína fez com os castelhanos? Só perguntei, era sentida retórica... Bom fim-de-semana.
De Carlos Afonso a 17 de Novembro de 2006 às 21:41
Olá Amiga Padeirinha!! Não tive oportunidade de vêr!! Não vou comentar!! Mas deixo votos de um excelente fimnal de semana!! Beijocas!!...Carlos.
De Jorge G a 18 de Novembro de 2006 às 09:28
Sobretudo não pode ser o guarda-chuva de Sócrates, ainda que a sua elevada estatura dê muito jeito ao Sr. Engenheiro para o abrigar da chuva!
E, ando a dizer isto desde as eleições presidenciais, cada vez estou mais convencido : Sócrates votou em Cavaco.

Boas pazadas neles, Padeirinha!
De deusa da lua a 18 de Novembro de 2006 às 14:54
Sonhos são como deuses se não se acredita neles: eles deixam de existir (Antônio Cícero)

Bom fim de semana***
De commonsense a 18 de Novembro de 2006 às 15:21
Pois é. Mas acabou com uma audiência abaixo do Santana Lopes e, pior ainda, abaixo da nova telenovela. Deviam ser probidos os segundos mandatos presidenciais, para evitar cenas destas. Ainda por cima durante o debate do orçamento, o que fez lembrar o pior da cenas de arbitragem no futebol. Quem lhe deu este conselho não foi amigo.

O PSD fez de Cavaco um político, fez de Cavaco um Ministro, fez de Cavaco um Primeiro Ministro, fez de Cavaco um Presidente ... só não conseguiu fazer dele um amigo.
De Intemporal a 19 de Novembro de 2006 às 01:04
Não conhecem o proverbio popular que diz: Livrar do homem que não fala e dos cães que não ladram.........boa deve ser quando "REBENTAR".....só aguarda o momento exacto....esperem pra ver!!!
Becitos

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
blogs SAPO

.subscrever feeds