De Pá em riste!... Em todas as direcções...

.posts recentes

. Aqui estou, preguiçosa de...

. caso Casa Pia e afins...

. Portugal: Manta de Retalh...

. Lentidão

. ...

. A Padeira tirou umas féri...

. Saramago

. LISBOA

. ENCRUZILHADA

. JORNAL NACIONAL

.arquivos

. Outubro 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

Quarta-feira, 21 de Março de 2007

ASAE

Vi na 2... (ou na renascida RTP2?...) a entrevista dada prelo presidente da ASAE (Autoridade de Segurança Alimentar e Económica).

O senhor... até me pareceu simpático.

O que critico e  me choca 'profundamente' nestas inspecções, é, não só o seu despudorado poder mediático, mas o modo  prepotente como lidam com as situações.

A prevenção deveria ser o mote. Mas não é. Como se sabe, é a 12 e 13 de Maio que estes senhores irrompem e criam desassossego em Fátima; assim como pintam a manta e dão um triste espectáculo aos turistas, no verão, no Algarve. É preciso ver para crer. 

Ora, eu acho que se houvesse real seriedade - a prevenção seria feita serenamente e sem alarde, ao longo de todo o ano. Mas infelizmente, estas inspecções baseiam-se na política do medo. As exigências, essas são tantas que, difícilmente, alguém passará impune.

Tenho ouvido muitíssimos sectores.

Por exemplo, sabem que na restauração foi proibido limpar a louça... com panos?!... Sim, por causa das bactérias! Pois, imaginem então um jantar de duzentas pessoas, e os copos a serem limpos com papéis... ou simplesmente secos ao ar...

(Mas digam-me lá, não andavam por aí todos altamente preocupados com as reciclagens e o abate de árvores?... Então em que é que ficamos? Possivelmente passaremos a vestirmo-nos de papel reciclado...por causa das ditas bactérias!)

O peixe vindo de Espanha, em caixas de madeira, também aqui é proibido tendo sido apreendido e distribuido por diversas instituições. Segundo parece os espanhóis também pertencem à CEE, mas ninguém lhes pôe o pé em cima. Nós, como precisamos do retorno, do dinheirinho... é comer e calar!

Estes senhores da ASAE, pecam afinal exactamente pelo modo 'brutal' de actuar.

Quero com isto dizer, que, não é nada normal entrar-se, por exemplo, pelo Gambrinus adentro, armado  e de de rompante, tal qual se entra, de assalto na feira do relógio. É verdadeiramente chocante e despropositado. Só exacerba ânimos, ódios e dá uma péssima imagem do nosso país.

Somos atrasados em tudo, deixamos tudo para a última hora...e actuamos depois a ferro e fogo, o que demosntra a nossa habitual falta de nivel e civismo.

 

Portugal, cuida-te!... antes que descanses... derradeiramente em paz!

publicado por padeiradealjubarrota às 19:47
link do post | comentar | favorito
|
123 comentários:
De pdivulg a 22 de Março de 2007 às 09:15
Realmente esses senhores tem uma actuação importante na nossa sociedade, mas um pouco menos de mediatismo ficava-lhes bem... Essa do peixe foi flagrante: " o peixe não presta para ser comercializado em Portugal, mas não se preocupem pois vamos fazer a boa acção do ano ao da-lo aos pobres"!!!! Sinceramente!!!
De NAS a 24 de Maio de 2007 às 13:35
ELES PODEM SER O QUE QUISEREM,MAS ESTAO SIMPLESMENTE A FAZER O TRABALHO DELES, ESSAS LEIS DE HIGIENE E DE SEGURANçA ALIMENTAR JA EXISTEM HA TEMPO SUFICIENTE PARA QUE OS TRABALHADORES NESTA AREA AS TENHAM ASSIMILADO;
PARA SABEREM A MADEIRA é PROIBIDA EM INDUSTRIAS ALIMENTARES POR QUESTOES DE HIGIENE, OU SEJA, é UM MATERIAL DIFICIL DE HIGIENIZAR, LOGO NAO é SEGURO.
A QUESTAO DOS PANOS TAMBEM é LOGICA, SO NAO PERCEBE QUEM NAO QUER.
PARABENS ASAE E ERA BOM QUE HOUVESSE UMA ENTIDADE DESSAS EM TODA A EUROPA
De Joaquim de Almeida a 7 de Junho de 2007 às 17:21
MAS QUAL É O OBJECTIVO!!!
ACABAR COM A LIVRE ESCOLHA DAS PESSOAS??? FICAR TUDO IGUAL?????? QUE AUTORIDADE HUMANA TÊM ESTES SENHORES E SENHORAS PARA ME OBRIGAREM A TER QUE FREQUENTAR LOCAIS (JÁ QUE ESTÃO A ACABAR COM TUDO O QUE NÃO É PIPI), QUE SEGUNDO PESSOAS FINAS E CHEIAS DE PODER SÃO CONSIDERADOS O MELHOR PARA A HUMANIDADE!!!!
ACTUALMENTE, SE QUISER BEBER UM COPO OU PETISCAR NUMA TABERNA OU NUMA TASCA TRADICIONAL PORTUGUESA, NÃO POSSO, JÁ QUE OS FINÓRIOS AS PROIBIRAM. OU ENTÃO, VOU A ALGUM ESTABELECIMENTO ILEGAL QUE AINDA NÃO FOI APANHADO NA REDE DESTA NOVA PIDE!!!
TENHO CONSCIÊNCIA QUE O NÍVEL DE HIGIENE DE UMA TABERNA TRADICIONAL É MENOR QUE NO MACDONALDS , MAS FRACAMENTE, PREFIRO UM PRATINHO DE MOELAS CONFECCIONADO NUM LOCAL QUE NÃO CUMPRE AS REGRAS (TIPO A DOS PANOS), QUE UM HAMBÚRGUER ARTIFICIAL EMBRULHADO EM PAPEL ANTICÉPTICO APROVADO POR MEIA DÚZIA DE MACACOS, QUE RENUNCIARAM À SUA CONDIÇÃO ANIMAL, E ACHAM QUE OS OUTROS MACACOS DEVEM TER COMPORTAMENTO IGUAL.
QUANTO À QUESTÃO DOS PANOS, ATÉ ME BENZO! JÁ INVENTARAM ALGUMA FORMA, NÃO POLUENTE, DE FABRICAR PAPEL ???? E EM QUE NÃO SE UTILIZE ÁRVORES??? MAS QUAL É O MAL DOS PANOS???????? SE HOUVESSE ALGUM PROBLEMA REAL, A ESPÉCIE HUMANA JÁ ESTARIA EXTINTA !!!
OUTRA QUE ME FEZ CONFUSÃO, FOI A DO AZEITE, NOS RESTAURANTES. REALMENTE AS EMPRESAS QUE O ENGARRAFAM EM RECIPIENTES COM GARGALO DE WHISKY , FICARAM A GANHAR. SERÁ QUE EXISTEM INTERESSES ECONÓMICOS??? É OBVIO QUE PARA VENDEREM, PRODUTOS COM TANTA PENEIRICE , TÊM QUE DENEGRIR O QUE É TRADICIONAL, E ACABAR COM A CONCORRÊNCIA. A ASAE PARECE CAÍDA DO CÉU PARA O SUCESSO DESSES CAPITALISTAS.
AS CAIXAS DE MADEIRA, PELO MENOS SÃO BIODEGRADÁVEIS! MAS PRONTO, SEGUNDO AS NOVAS REGRAS DE HIGIENE É MELHOR PARA TODOS O FABRICO DE PLÁSTICOS . NÃO INTERESSA A POLUIÇÃO PRODUZIDAS PELA INDUSTRIA DOS PLÁSTICOS , JÁ PARA NÃO FALAR DA BIODEGRADABILIDADE DESTE MATERIAL HIGIÉNICO .
ESTE DESABAFO SURGE, DEVIDO AO FACTO DE TER ESTADO NUMA TABERNA , PERTO DE MINHA CASA, NUMA ZONA EM QUE SNACK-BARES E RESTAURANTES CUMPRIDORES NÃO FALTAM. É INTERESSANTE VER, QUE A TABERNA É O LOCAL MAIS FREQUENTADO DURANTE TODO O DIA. ISTO DEVIDO AO FACTO DAS PESSOAS SE SENTIREM BEM NESSE LOCAL, E AINDA SE PRESERVAR O PONTO DE ENCONTRO E DE CONVÍVIO ASSOCIADO A CASAS DO GÉNERO . ENQUANTO TOMAVA O MEU CAFEZINHO, OUÇO COMENTÁRIOS ACERCA DE PROBLEMAS QUE O DONO (IDOSO) DESSA CASA ESTÁ A TER COM A ASAE . O QUE E CERTO É QUE SE SE APLICAREM AS REGRAS MODERNAS A ESSE LOCAL, ELE DEIXA SIMPLESMENTE DE EXISTIR, E LÁ SE VAI MAIS UM LOCAL TRADICIONAL E PITORESCO.
E MAIS GOSTARIA DE FALAR ACERCA DISTO, MAS ESTOU SEM TEMPO!
ABRAÇO A TODOS.
De Rita Tavares a 20 de Agosto de 2007 às 18:32
Concordo perfeitamente.
Se um fumador, sabendo os riscos que corre, pode optar por comprar cigarros; porque é nós não podemos escolher onde e o que comemos??
Quanto muito a ASAE que ponha um autocolante na porta dos estabelecimentos a dizer "aqui existem produtos tradicionais", mas DEIXEM-NOS SER NÓS A ESCOLHER !!!
De josé madeira a 3 de Outubro de 2007 às 12:58
excelente comentário.
estamos outra vez na outra época
repressão e mais repressão nada de prevenção
gostava de ver os senhores da ASAE a trabalhar e a cumprir as normas que impõem aos outros.
uma coisa é a teoria outra é a prática
De comandante a 11 de Junho de 2007 às 20:16
Realmente eles cumprem na função para que estão destinados, mas não se pode ser tão rigoroso porque quando forem por esse Portugal profundo o interior que foi esquecido para que os meninos das cidades possam ter tudo, cultura, desporto, assistência na saúde, conforto e dignidade etc etc, fica ainda mais pobre.
Os cafés e ou tavernas que têm a função social de substituir o papel do Estado nomeadamente nas tradicionais Casas do Povo, local onde esta mui digna população se reunia e confraternizava e onde se descutem as dificuldades de algum habitante, terão que encerrar pois mal ganham para taxas e licenças quanto mais para obras e assim sendo ficam mais isoladas.
Quanto ao peixe que veio de Espanha em caixas de madeira, quem sabe provavelmente pescado em zona portuguesa, que não serviu para alguns serviu depois para oferta e mais grave ainda como toda a gente viu foi guardado numa arca congeladora dentro das próprias caixas de madeira . Será isto justiça? E para quando uma visita D'esses senhores às messes das policias e do próprio estado, comecem por aí...
De falaorocha a 16 de Agosto de 2007 às 16:52
É por essas e por outras que actuações de mérito caem no ridículo.
A madeira não está proibida na indústria alimentar. Não está na lei nem em nenhum código de boas práticas;pese embora que a sua higienização mereça cuidados especiais.Por exemplo: na indústria de panificação e produção de farinhas os tabuleiros sempre foram em "pinho larício" e não me consta que isso se tenha alterado.
Também a utilização de panos não está legalmente interdita: como por exemplo na indústria de queijo.
A "segurança alimentar" está amplamente codificada e não é com "lógicas" simplistas que se obtêm resultados; mas sim com formação e conhecimento dos agentes que nela intervêm.
De J Rocha a 25 de Janeiro de 2008 às 00:58
Porque será que me faz lembrar a Santa Inquisição.
Apanhemos as bruxas força força.
De NAS a 24 de Maio de 2007 às 13:37
ELES PODEM SER O QUE QUISEREM, MAS ESTAO SIMPLESMENTE A FAZER O TRABALHO DELES, ESSAS LEIS DE HIGIENE E DE SEGURANçA ALIMENTAR JA EXISTEM HA TEMPO SUFICIENTE PARA QUE OS TRABALHADORES NESTA AREA AS TENHAM ASSIMILADO;
PARA SABEREM A MADEIRA é PROIBIDA EM INDUSTRIAS ALIMENTARES POR QUESTOES DE HIGIENE, OU SEJA, é UM MATERIAL DIFICIL DE HIGIENIZAR, LOGO NAO é SEGURO.
A QUESTAO DOS PANOS TAMBEM é LOGICA, SO NAO PERCEBE QUEM NAO QUER.
PARABENS ASAE E ERA BOM QUE HOUVESSE UMA ENTIDADE DESSAS EM TODA A EUROPA
De Cris Rodrigues a 22 de Março de 2007 às 10:56
O nosso governo têm nos vendido ao estrangeiro(como esta história rídicula do Allgarve),tiram-nos o pouco que temos(nosso sustento,nossa cultura,nossa lingua e nosso orgulho e para quê?Para fazerem-se de "bonitos e bonzinhos",lá fora,quando os estrangeiros e a CEE estão-se pouco se importando com Portugal ou com a nossa gente.Somos dos primeiros a ajudar quando á desgraças ou guerras,quando nós é que deviamos nos ajudar a nós mesmos,cá dentro...E para quê?Para depois dizerem (como um americano no Mundial de Futebol);"Portugal?O que é isso?Ah,é uma província de Espanha."
De Carlos Tavares a 22 de Março de 2007 às 12:27
4 anitos... lá pelo Micróbio! :-)
De Andesman a 22 de Março de 2007 às 16:08
Há excessos? Pásada neles já!!!
De Jorge G - O Sino da Aldeia a 22 de Março de 2007 às 21:38
E a Espanha aqui tão perto...
De touaqui42 a 22 de Março de 2007 às 21:57
A questão da actuação da ASAE é que o ESTADO não consegue apanhar os 21% do material que consegue fugir ao fisco.
Claro que , não serve para o publico consumidor mas serve para creches escolas e lares , uma farturinha.
Numa coisa conseguiram fechar os restaurantes chineses e agora viram-se para os portugueses .
Quer-se fazer uma poupança de água , mas não se pode lavar a loiça á mão nem limpá-la com um pano, mas na certa quando um copo chega á mesa temos por hábito limpá-la ao guardanapo e o mesmo serve para limpar as beiças, higiénico mesmo.
De Cris Rodrigues a 23 de Março de 2007 às 16:47
Obrigada,por ter me visitado e deixado comentário,volte sempre,que eu voltarei de certeza!
Um bom fim de semana .
De Savonarola a 25 de Março de 2007 às 11:34
Concordo: existe uma generalizada falta de civismo neste nosso país. Como anarquista e cidadão, acho que o civismo diminuiu nestes últimos anos por causa do desinteresse dos sucessivos governos pela Educação, sim, a das escolas. Os jovens estão cada vez mais deixados ao "abandono", isto é, não são devidamente acompanhados no seu percurso escolar. Por outro lado, existe uma "demissão" por parte dos pais face à educação dos filhos, compreensível, aliás: o sistema obriga-os a produzir mais por menos dinheiro, o que se torna numa luta desgastante. Triste...
Um abraço
De Elza Pereira a 8 de Abril de 2007 às 05:47
Desta triste realidade, estamos aqui no Brasil ,colhendo os frutos podres. Cuidem enquanto é tempo, para não chegarem ao ponto triste que estamos aqui no Brasil. Um grande abraço
De Jofre Alves a 25 de Março de 2007 às 19:35
Passei para lhe desejar um óptimo fim-de-semana!
De rules a 27 de Março de 2007 às 14:41
À POIS É... é bonito na é este pais á beira mar... TUDO DE BOM :)

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
blogs SAPO

.subscrever feeds