De Pá em riste!... Em todas as direcções...

.posts recentes

. Aqui estou, preguiçosa de...

. caso Casa Pia e afins...

. Portugal: Manta de Retalh...

. Lentidão

. ...

. A Padeira tirou umas féri...

. Saramago

. LISBOA

. ENCRUZILHADA

. JORNAL NACIONAL

.arquivos

. Outubro 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

Sábado, 10 de Junho de 2006

Simplesmente Portugal



Na Av. Afonso Costa, perto do Largo das Olaias, está um enormíssimo reboque abandonado. Pergunta-se, como se perde uma coisa daquelas?... Dentro deste emerge, uma densa floresta de urtigas e plantas selvagens que se vai avolumando furiosamente com o passar do tempo. Já lá vão dois anos...E ninguém vê nada...Ninguém diz nada. A população deve pensar que é um jarrão de flores, oferta da Câmara Municipal!... E a esquadra da policia, ali, pianinho, ao virar da esquina...


Café Nicola, Rossio - 17h.11m: Um carro do lixo estanca. Mesmo em frente ao «chá das cinco»... dos turistas, que saboreiam o lazer da esplanada.
E começa a despejar, caixotes consecutivos, oito, pejados de garrafas que, ao serem atirados para dentro do carro, ensurdeceram a cidade.
Não contentes, passado meia-hora, foram repetir a façanha frente à Loja das Meias...
E só não fizeram espectáculo gratuito na Pastelaria Suiça, porque há obras por perto. De facto!... Só vão ficar contentes quando espantarem os turistas de vez.
publicado por padeiradealjubarrota às 00:07
link do post | comentar | favorito
|
14 comentários:
De frf a 28 de Junho de 2006 às 14:37
Turismo á portuguesa e admiram-se depois de sermos faládos lá fora , prefiro uma boa feijoáda e um cozido á portuguesa á maneira regádo claro com boa pinga portuguesa , bons restaurantes áh e é só procurá-los , temos uma cozinha das melhores do mundo.
De gaivotadaria a 16 de Junho de 2006 às 22:49
Aqui o horário também é diurno para as garrafinhas, não posso falar com conhecimento do assunto porque sinceramente já me tenho perguntado se haverá alguma razão especial para o fazerem durante o dia...mas que não é nada agradavel aos ouvidos, não é não, senhora Padeirinha :)
De Nilson Barcelli a 16 de Junho de 2006 às 19:07
Coisas como essas e piores acontecem diariamente aos milhares.
Portugal é muito atrasado em muitas matérias. Beijinhos.
De ciloca a 16 de Junho de 2006 às 17:38
Estranho tamanha ausência, faça o favor de nos brindar com um pensamento.Bjs
De Gotemberg a 14 de Junho de 2006 às 19:30
A generalidade dos portugueses deve ter no código genético algo que os atrai a bairos da lata e vice-versa. É que até no Código do IMI(antiga contribuição autárquica), o esquema de avaliação dos prédios para esse efeito penaliza a qualidade dos prédios(moradias incluídas) e beneficia os prédios tipo Chelas!...
É uma pobreza mental franciscana, sem ofensa para os devotados e generosos franciscanos.
De No interessa a 14 de Junho de 2006 às 09:30
A propósito de turismo. Visitam-me amigos perguntam-me por restaurante onde se coma peixe, ao que respondo: - Sei de um onde o peixe é fresco e é barato, não são muito simpáticos, isto é, respondem com enfado ao cumprimento e com aquela expressão " o quéquestequer?", não sorriem e assim. Resposta dos meus amigos: « Ah, isso é Portugal! » Segundo os meus amigos é comum ser-se assim recebido nos restaurantes tugas. Ah! Tá bem! Julgava que era só comigo.
De js a 14 de Junho de 2006 às 08:58
... a questão dos veiculos abandonados levou a que eu tivesse enviado e-mail's para a PSP e PJ a lamentar o facto de nos seu sites não haver um espaço de divulgação de veiculos abandonados e furtados, não obtive qualquer tipo de resposta nem a minha ideia serviu para alertar as mentes desses senhores para as vantagens de tal iniciativa.
FORÇ'AÍ!
js de http://politicatsf.blogs.sapo.pt
De Andesman a 13 de Junho de 2006 às 13:46
Protestar é preciso. Ninguém se cale. Foram sempre os inconformados que não se calaram que mudaram as coisas erradas.
De Baro da Tria a 12 de Junho de 2006 às 09:30
Palavras para quê?
De PDivulg a 12 de Junho de 2006 às 08:49
"um jarrão de flores" hehe!!! Infelizmente vivemos numa sociedade um pouco egoista toda a gente vê o mal mas todos esperam pelos outros para denunciar ou queixar-se...

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
blogs SAPO

.subscrever feeds