De Pá em riste!... Em todas as direcções...

.posts recentes

. Aqui estou, preguiçosa de...

. caso Casa Pia e afins...

. Portugal: Manta de Retalh...

. Lentidão

. ...

. A Padeira tirou umas féri...

. Saramago

. LISBOA

. ENCRUZILHADA

. JORNAL NACIONAL

.arquivos

. Outubro 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

Quarta-feira, 25 de Junho de 2008

Morte anunciada da minha praia

 

 

A minha praia Vermelha com duas palmeiras - está a ser literalmente esmagada pelo cimento. É mais uma.

 

Mas como era a minha, achei que a mão avassaladora do Homem não chegasse lá.

Pura ilusão.

 

Agora asfaltam ruas na terra batida, há andaimes assustadores, põem canteiros com flores arrebicadas... e sinais de proibição.

 

Ainda deambulo por entre eles de alma esmagada. Para o ano que vem é mais uma urbanização, insuportável. Com tudo de bom, possivelmente - mas sem um pingo de  alma.

 

 

publicado por padeiradealjubarrota às 01:07
link do post | comentar | favorito
|
6 comentários:
De touaqui42 a 26 de Junho de 2008 às 00:10
Pois.
As tais modernices de se gastar uns cobres numas rotundas e não haver dinheiro para pintar as passadeiras.
De commonsense a 26 de Junho de 2008 às 22:35
A minha praia já não existe. É só cimento e pele. Mete nojo.
De padeiradealjubarrota a 26 de Junho de 2008 às 23:55
Uma mágoa. A culpa é dos governos e desgovernos, autarquias e construtores.
De c valente a 27 de Junho de 2008 às 01:37
A era do betão e dos tubarões chega a todo o lado
Saudações amigas
De Andesman a 27 de Junho de 2008 às 15:32
É obra de gente sem alma. Gente sem sensibilidade que não respeita a Natureza. Gente que não respeita, nem se importa, com o mundo onde vive e irão viver os seus filhos.

Por aqui também se tem cometido crimes desses. Crimes de patifes brutos, que depois cheios de dinheiro se arvoram em gente importante.

Nos ultimos anos, chegou-se aqui ao cúmulo de construir hotéis dentro das praias a poucos metros do mar.

Não sei como tratar desta gente, visto que a justiça não lhes toca. Sempre que possamos devemos dar-lhes umas "pazadas " certeiras.
De Jofre Alves a 28 de Junho de 2008 às 11:19
Ontem, em Portimão, foram disparados sete tiros contra o pavilhão onde este o sr. bacharel José Socrates Pinto de Sousa, sua excelencia o senhor Presidente do Conselho de Ministros. a Má notícia é que todos falharam...

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
blogs SAPO

.subscrever feeds