De Pá em riste!... Em todas as direcções...

.posts recentes

. Aqui estou, preguiçosa de...

. caso Casa Pia e afins...

. Portugal: Manta de Retalh...

. Lentidão

. ...

. A Padeira tirou umas féri...

. Saramago

. LISBOA

. ENCRUZILHADA

. JORNAL NACIONAL

.arquivos

. Outubro 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

Domingo, 3 de Agosto de 2008

Padeira... a meia haste!

 

 

O  meu pc estoirou, possivelmente, em histeria com o calor...ou com a crise!... On ne sait j«jamais», como diz o outro....

E, depois, ando demasiado atarefada, mas não esquecida das parvoeiras que vejo por aí. 

Se os Açores...e a Madeira, lhes der na veneta tornarem-se independentes (e quem sabe, o Algarve....!) então, meus amigos, ficamos mesmo como uma mísera casca de noz,  à deriva e à solta no vendaval.

Pobres dos nossos valorosos antepassados, tanta honra, tanta  coragem... para quê?

...Para estes perfeitos idiotas, e patos bravos - deitarem tudo a perder, porque, simplesmente, não se estão para chatear nem querem mexer uma palha, mas viver de fama e bons tachos.

Depois venham dizer mal da Irlanda. Esses, sim, eram uns probretanas antes de entrarem na Comunidade Europeia, mas arregaçaram as mangas e não meteram subsídios aos bolsos. Eis a diferença fulcral entre dois países pequenos.

publicado por padeiradealjubarrota às 15:58
link do post | comentar | favorito
|
14 comentários:
De Meg a 3 de Agosto de 2008 às 21:23
Abençoada Padeirinha!
Quem fala assim não é gaga! Haja quem chame os bois pelos nomes
Qe lhe interessa a casca de noz se vão todos parar a Bruxelas!
Um abraço e ainda bem que o pc já se recuperou!

Um grande abraço
De padeiradealjubarrota a 4 de Agosto de 2008 às 19:17
É outro pc !
Bruxelas ou não, veja os Irlandeses, ainda falam. E os Ingleses não aderiram ao euro. E os espanhóis, franceses etc ;, lutaram pelas sua tradições. É bem diferente.
De Ressaca a 3 de Agosto de 2008 às 21:36
Aqui nasceu o Espaço que irá agitar as águas da Passividade Portuguesa...
De padeiradealjubarrota a 4 de Agosto de 2008 às 19:24
Eram o que eu mais queria. Fartos estamos todos desta morte lenta. Ás vezes até me apetece entregar a minha valiosa 'Pá aos espanhóis, para que a emoldurem lá na terra deles! De facto já nos reconquistaram. E nós a dormir na forma...
Vou dar um mergulho para refrescar as ideias...
De Andesman a 6 de Agosto de 2008 às 22:44
Também o meu pc que ainda era um puto com uns 3/4 anitos, pifou de repente e sem remédio. O remédio foi arranjar orçamento para outro.
Bem quanto a política: parece que a Madeira ganha claramente aos Açores em extravagância dos seus políticos. Ali há uma figura que já produziu tanta bacorada, que a ultima foi: "Quem quer ilhas no Atlântico tem de pagá-las." E ainda não começaram as férias no Porto Santo.

Pasáda neles!
De padeiradealjubarrota a 8 de Agosto de 2008 às 07:17
Um pc com 3 anos já não é um puto, mas um ancião de longas barbas brancas. Prepare a carteira para o próximo.
De Andesman a 9 de Agosto de 2008 às 22:14
Isso é verdade, mas o meu "puto" tinha sido recentemente renovado e estava um brinquinho. De repente pifou.
De Nilson Barcelli a 10 de Agosto de 2008 às 13:39
A mim não me incomoda a independência dos Açores e da Madeira.
É menos despesa...
Os irlandeses beneficiaram do facto de muitos investidores americanos serem seus descendentes.
Para além de outros detalhes... o povo é diferente, por exemplo.
Beijinhos
De Adryka a 11 de Agosto de 2008 às 16:14
Adorei a tua veia literária, caminhamos na mesma direção. Detesto este bando de abutres que tomaram conta do nosso país. Lamento o poder deles para deixar ir o Portugal do nosso orgulho e da glória de um povo estar a fcar em nada. Pena.
Bj
De Menina_marota a 11 de Agosto de 2008 às 16:51
Pois é... custa-me dizer isto... eu avisei! eu avisei! Fartei-me de dizer que ia ser um mau passo darem a maioria a quem quer que seja... venham de onde vierem!

Mas infelizmente o "povo" continua a estar "cego"...

Bj ;))
De touaqui42 a 12 de Agosto de 2008 às 22:19
Bom bom padeirinha
Desta vez foi uma pazada no traseiro a esses POLITICOS que sonham com o LUGARZINHO ao SOL á conta dos pobretonas do ZÉZINHOS PORTUGUESES que se encontram a dormir neste mês de AGOSTO (FÉRIAS).
Já não nos bastava ter emigrantes que praticam assaltos aos bancos que no momento temos uns coitadinhos no assalto na procura de uns ferros (com Mercedes á porta do tribunal).
Se calhar pago com aquele subsidio minimo garantido coitadinho.
Claro que é triste a morte de um qualquer SER HUMANO, mas triste é vir-se para a frente das camaras dizer-se que existe RACISMO XENOFOBIA etc e tal de uns que MAMAM e continuam mamando na TETA.
Coitadinhos, afinal andavam no gamanço do ferro para mistigar a FOPME.
Arre porra.
Afinal tudo rouba tudo mata e o ZÉ PORTUGUÊS que paga os seus IMPOSTOS está sujeito ao balázio de um qualquer bandido de meia tijela
Carago, acertem lá nos POLITICOS
De Jofre de Lima Monteiro Alves a 16 de Agosto de 2008 às 16:41
A Irlanda foi um exemplo e a prova provada da total incompetência dos nossos políticos e da sua real incapacidade. Os irlandeses eram mais pobres e miseráveis do que nós, mas em vinte anos de CEE, ou EU, aproveitaram de tal modo que nos passaram à frente em todos os itens! Não foram só eles, os gregos também estão à nossa frente no desenvolvimento. E o mesmo vai suceder com os checos, os malteses, etc. Estamos condenados a ser os mais pobres e miseráveis da Europa? Boa semana.
De Meg a 18 de Agosto de 2008 às 18:20
Uma boa semana e um abraço,

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
blogs SAPO

.subscrever feeds