De Pá em riste!... Em todas as direcções...

.posts recentes

. Aqui estou, preguiçosa de...

. caso Casa Pia e afins...

. Portugal: Manta de Retalh...

. Lentidão

. ...

. A Padeira tirou umas féri...

. Saramago

. LISBOA

. ENCRUZILHADA

. JORNAL NACIONAL

.arquivos

. Outubro 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

Quarta-feira, 15 de Março de 2006

Dia Nacional do Consumidor

Há queixas mais prementes e importantes. Mas, todas elas, a que nos exploram, importam!
A Emel tem um comportamento pouco recomendável.Inconcebível e arrogante.
Há cerca de uma semana, numa rua perto da praça de Londres, estavam uma data de carros selados e bloqueados... e as máquinas avariadas, como muitas vezes acontece.
Querendo estacionar, e tendo já verificado que as malditas máquinas «engoliam» as moedas e encravavam também, fui directa a um agente que me acompanhou até ela. Quando lá chegou, frente a duas testemunhas minhas, teve a lata de pôr um arame na ranhura e de dizer que estava em óptimas condições!
Pedi-lhe a identificação que recusou, mas, mais tarde como eu lha exigisse de novo e estando ao lado um colega seu, viu-se obrigado a dar-ma, exigindo-me por sua vez o meu BI e carta de condução!! Mais, como eu dissessse que ia reclamar, «ameaçou-me», de que se o seu nome aparecesse em qualquer lado, «que esperasse para ver o que me iria acontecer».
Não fui multada, não cheguei a estacionar. Foram, injustamente, muitos outros.
Reclamei à Deco, à Emel, escrevi para um jornal. Portugal só andará para a frente se nos mexermos e não nos conformarmos. Façamos isso, ao menos, por todos nós.
publicado por padeiradealjubarrota às 22:56
link do post | comentar | favorito
|
10 comentários:
De frf a 1 de Abril de 2006 às 12:56
e é ler a noticia do CM 31/3/06 sobre o caso do avós e neto para ver a prepotência dos mesmos senhores , um caso urgente sem direito a nada , foi preciso vir as Urgências e a PSP para acudir ao coitádo senhor a quem os senhores da EMEL não tiveram consideração , realmente tristeza de vida , se precisam de demostrar serviço façam-no áqueles que estão em situação de cimo dos passeios a atravancar os mesmos , se calhar os seus superiores não teem conhecimento da situação , coitádos , é a caça á multa e é ver as historias quase diárias que veem ao conhecimento geral , uma porra de vida a quem necessita de fazer uma urgencia a um familiar , para quando uns cursos de formação sobre relações humanas a esses senhores/senhoras.
De frf a 31 de Março de 2006 às 20:19
esses senhores da EMEL parece que teem o rei na barriga , aconteceu-me o mesmo em 2004 , fui chamádo de urgência a Moscavide em Setembro 2004 a casa de um familiar e como vivo no Norte , estou lá a saber que todo o Moscavide é um parque de estacionamento , e para mais a máquina encontrava-se ´tapada por uma viatura , mas lembrei-me lá eu que era a pagar , o que me interessava era atender o familiar que se encontrava em dificuldade , que por sinal era meu pai , deixei a viatura e tinha lá cabeça para me lembrar do pagamento conforme depois os senhores da EMEL me informaram , paguei a multa e não bufei , mas infelizmente meu pai faleceu passado dois meses , lamentavel a atitude do quero posso e mando dos tais fiscalizadores , que por sinal nem identificádos estavam e nem a carrinha em que andavam tinha identificação , nem quizeram ouvir explicações dádas por um meu familiar que já se encontrava no local afim de atender meu pai , implorável e espero que esses senhores no amanhã tenham a mesma situação da minha pessoa que após fazer 400 km ainda tinha que saber que Moscavide era um parque autentico com uma placa na entrada de Moscavide a informar , mas a vida continuou mas perdi o meu familiar , muito agradecido aos infeliz pessoal da EMEL , que foi duma tristeza total , sem capacidade de compreender a não ser multar e rebocar.
De Carlos Tavares a 19 de Março de 2006 às 21:56
Atenção...
O Micróbio mudou de casa. Agora está nesta rua:

http:\\o-microbioii.blogspot.com
De sandalman a 18 de Março de 2006 às 17:37
obrigado pela tua visita ao "mochinho"
e gostei imenso do que fizeste. podemos nõ transformar o mundo, mas pelo menos tentaremos

mochinho
De Aires Loureiro a 16 de Março de 2006 às 22:23
É preciso protestar e exigir. Viva quem protesta! Mas há que reconhecer que num país com os vícios seculares que este tem, ou se é pitecantropus portugalorum (vulgo chico esperto) ou se acaba com os nervos esfrangalhados.E vamo-nos cansando e abdicando.
De Andesman a 16 de Março de 2006 às 14:14
E não te apeteceu ao menos aplicares-lhe uma pasáda naquela cabeça de granito? Jocas
De curioso a 16 de Março de 2006 às 09:51
Belo exemplo são canalhas desse calibre que deviam ser expulsos da instituição.
“Existe ou existia” um organismo chefiado pelo O Juiz Maximiano Rodrigues Inspector-geral do MAI com o objectivo de controlar e eliminar das forças de segurança comportamentos dessa ordem.
De js a 16 de Março de 2006 às 08:57
... é bom que o nosso direito à indigação, fique expresso e bem alto para que todos os incompetentes que reinam neste país sejam postos no lugar em que devem ser colocados!...
nisso os blogs vieram dar uma ajuda, mas se efectivamente queremos que os nossos casos sejam mesmo vistos temos que recorrer aos jornais... outra opção é o mail que viaja de e-mail em e-mail...
se sempre que alguem comete um erro, esse erro fosse divulgado ...o profissionalismo obviamente aumentaria ...
FORÇ'AÍ!
js de http://politicatsf.blogs.sapo.pt e http://mprcoiso.blogs.sapo.pt
De PDivulg a 16 de Março de 2006 às 08:48
MAs olha que segundo os jornais de hoje quem lidera nas reclamações é a TV CABO... MAs há mais claro.
De commonsense a 15 de Março de 2006 às 23:12
Já me aconteceu uma coisa parecida e mandei um fax ao comando da PSP. O guarda tinha mesmo recusado a identificar-se, mas eu disse o lugar, o dia e a hora, o que permitiu identificá-lo. Recebi uma carta simpática a dizer que o homem ia ser castigado. Vale a pena tentar: pode ser que dê resultado.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
blogs SAPO

.subscrever feeds