De Pá em riste!... Em todas as direcções...

.posts recentes

. Aqui estou, preguiçosa de...

. caso Casa Pia e afins...

. Portugal: Manta de Retalh...

. Lentidão

. ...

. A Padeira tirou umas féri...

. Saramago

. LISBOA

. ENCRUZILHADA

. JORNAL NACIONAL

.arquivos

. Outubro 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

Terça-feira, 7 de Março de 2006

Truman Capote

Fui ver o filme. Uma excelente interpretação.
Impressionante é a personalidade do escritor, esse ente que é Truman Capote. Um homem ambíguo, oportunista, egocentrista... e cobarde.
A empatia feita de «interesses» que se gera entre o escritor e um dos assassinos, Perry, ambos com uma infância dificil, ainda poderá ser suportável por parte de quem está preso e pretende não ser executado. Mas, no que diz respeito ao escritor, a sua atitude torna-se quase maquiavélica e desprezível.
Primeiro está a vã glória de vencer! A vaidade!... O best seller! E, para isso, este não olha a meios. Capote vende-se, na amizade, mente descaradamente, arranja advogados a seu belo prazer para poder «adiar» os julgamentos e escrever o livro até à última gota de sange. E desasaparece, não dá sequer resposta aos pedidos desesperados do prisioneiro «na hora H».
Pelo contrário, desespera, sim, desespera, quando a execução demora e lhe atraza o desfecho do livro que terá de sair na renntreé, em Outubro.
O titulo do livro - A sangue frio - , assenta bem melhor à personalidade do escritor. Há muitas formas de matar sem escrúpulos.
Impressionante, e....Disgusting.
publicado por padeiradealjubarrota às 00:55
link do post | comentar | favorito
|
7 comentários:
De Mrio a 28 de Abril de 2006 às 17:58
Um comentário um pouco emocional e não sei se devidamente ponderado. Se bem que o comportamento do escritor levante algumas dúvidas éticas, não me parece de todo que ele tenha feito tudo "A Sangue Frio". Muito pelo contrário.

Mas mais importante que isso é o livro, que é de facto magnifico.

De Nonato Albuquerque a 9 de Março de 2006 às 21:46
OBRIGADO POR VISITAR O NOSSO BLOG "ANTENA PARANÓICA". FIQUEI FÃ DO SEU TRABALHO AQUI NO "A PADEIRA DE ALJUBARROTA". OBRIGADO.
De maria heli a 9 de Março de 2006 às 15:30
aindanão vi. mas estou om vontade.
De maria heli a 9 de Março de 2006 às 15:30
aindanão vi. mas estou om vontade.
De PDivulg a 9 de Março de 2006 às 08:58
Não vi, recebeu um óscar mas fico curioso para ver...
De pechanense a 8 de Março de 2006 às 09:57
Passei por cá para te dizer que o pechanense recebeu uma visita de um elemento da equipa do sapo e comentou o que eu escrevi depois de deixares um comentário no post "Migração". Quanto ao filme... não vi! Um abraço.
De Carlos Tavares a 7 de Março de 2006 às 17:49
Valeu pela soberba interpretação do Philip Seymour Hoffman... e pouco mais!

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
blogs SAPO

.subscrever feeds