De Pá em riste!... Em todas as direcções...

.posts recentes

. Aqui estou, preguiçosa de...

. caso Casa Pia e afins...

. Portugal: Manta de Retalh...

. Lentidão

. ...

. A Padeira tirou umas féri...

. Saramago

. LISBOA

. ENCRUZILHADA

. JORNAL NACIONAL

.arquivos

. Outubro 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

Quarta-feira, 15 de Junho de 2005

Cunhal


A morte não tem medida: é para todos. Não compartilhando minimamente das suas ideias, fica o respeito pelo seu ideal e coerência.
publicado por padeiradealjubarrota às 17:15
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 10 de Junho de 2005

Cuba: a morte do sonho

Mais uma tentativa de evasão, num carro antigo transformado em barco de morte. Morte de um sonho perdido, morte de vida, vida em prisão. Como é possível que isto se continue passar no sec XXI. A falta de liberdade, para qualquer ente sensível, é o pior e mais agreste de todos os males.É morte em vida.
publicado por padeiradealjubarrota às 00:15
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 7 de Junho de 2005

Pós e Contras

Anda a Europa às avessas sem saber o que fazer com o «Sim» e o «Não»... e nós, claro, (segundo as sondagens), esclarecidissimos, a apostar de olhos fechados redondamente no «Sim».
Hoje, nos Pós e Contras, fiquei elucidadissima; ou seja, fiquei precisamente na mesma: a navegar.
Bem se esforçava Fátima Campos Ferreira: - Meus senhores, expliquem-se aos portugueses que eles assim não entendem nada. Mas qual quê! Eram voltas e mais voltas, palavreados e contravoltas. O costume. E o Zé sem perceber patavina a conformar-se...
publicado por padeiradealjubarrota às 01:42
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sábado, 4 de Junho de 2005

Diario de Noticias: - O oásis

É verdade. Tudo nos é pedido e adiado, estamos fartos de apertar o cinto que já nem sequer tem furos disponíveis, falta-nos a luz ao fundo do túnel, sendo o túnel do Marquês uma perfeita insignificância ao pé deste que parece eterno. Nada é gratuito -
nem o simples gesto -, tudo nos é pesadamente exigido. Agora até «ler o jornal na internet» nos é vedado, ou seja lêem-se os cabeçalhos e basta! Tudo o resto tem de ser pago!
Eis a razão porque o DN se tornou num verdadeiro oásis. Informativo, completo, acessível, bem orientado e gratuito na sua leitura total. Até quando, não sabemos. Esperamos que para sempre. O país precisa...e merece. Basta de limitações, pragas... e maldições|
publicado por padeiradealjubarrota às 11:18
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 1 de Junho de 2005

Dia Mundial da Criança II

E se o vosso filho, educado com todo o carinho e amor, desaparecesse? E se fosse violado e atirado para esse polvo inextinguível, que são essas monstruosas redes de pedofilia?

Quando se deu o Tsunami, houve quem se aproveitasse para vender crianças.Como é possível no meio de tanta tragédia, ter a frieza e o calculismo prontos a disparar para o negócio.Se eu fosse mãe de uma daquelas crianças, acreditem, preferia vê-la morta na catástrofe do que às mãos suícidas e putrefactas.
Crianças, que, aos 13, 14 anos, já estão «ultrapassadas» e se vêm forçosamente a viver desse horror.
publicado por padeiradealjubarrota às 14:16
link do post | comentar | favorito

Dia Mundial da Criança

Era bom que hoje se pudesse festejar verdadeiramente o Dia Mundial da Criança.Mas os maus tratos, os abusos sexuais, os homicidios, a impunidade na justiça, fazem-nos acreditar numa outra realidade.
Há que lutar muito ainda para que este dia possa ser vivido em plenitude.Caso contrário, tudo não passa de balelas e habituais hipócrisias.Palavras só não chegam.
publicado por padeiradealjubarrota às 10:24
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
blogs SAPO

.subscrever feeds